ARTE AMBIENTAL NA ORLA DE JUAZEIRO (BA)

A arte impulsiona os processos de percepção, emoção e expressão humana. É uma ferramenta que tem o poder de sensibilizar e proporcionar mudanças de comportamento, transmitindo emoções ou ideais. Desta forma, podemos utilizar a arte como forma de educação ambiental.


Com esse propósito, Túlio Ricardo integrante do Núcleo Temático, do Projeto Escola Verde (PEV), realizou no dia 31/01/2020 intervenções de arte ambiental na Orla II de Juazeiro (BA), junto com outros artistas, entre eles a professora Clarissa Campello.


As ações impactaram cerca de 50 pessoas que circulavam pelo local na ocasião, e fizeram parte do projeto ‘Leve Arte para o Parque’, promovido pela Prefeitura de Juazeiro, por meio da secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano, tendo como objetivo a pintura dos pilares próximos a passarela do Parque Fluvial na orla II, com direito a premiação dos dois melhores trabalhos.


Túlio Ricardo, com a obra ‘Margens de extinção’ obteve o primeiro lugar na noite de premiação e em segundo lugar, Felipe Andrade, com a obra ‘Samba de Veio’.


A pintura desenvolvida por Ricardo, foi composta por uma paisagem submersa, em alusão as águas do Rio São Francisco, complementada com a aplicação de sete espécies de peixes da fauna do “Velho Chico” que estão em risco de extinção decorrente da poluição das águas, pesca indevida, dentre outros fatores socioambientais.


Entre os peixes que compuseram a obra de arte estão o Surubim, Dourado, Pacamã, Pirá, Matrinxã, Curimatã Pioa e o Cari.


O trabalho teve como principal objetivo propor uma reflexão crítica sobre a falta de visibilidade dos peixes em risco de extinção no Rio São Francisco, utilizando a Arte junto para a educação ambiental.


“Diante de tantas catástrofes ambientais ocorrendo, sobretudo neste ano no Brasil, faz-se urgente que os estudantes, produtores de arte, artistas, levantem discussões sobre tais questões amplamente” Afirmou Ricardo Castro.


Por: Sheilane Sousa
Categoria: Arte ambiental

We cannot display this gallery